United

12 dúvidas mais comuns sobre o plano de saúde

A saúde é o nosso bem mais precioso. Ela é fundamental para manter uma vida feliz e equilibrada. Poder contar com um bom plano de saúde é uma tranquilidade, mas para que isso ocorra, é interessante saber como escolher o melhor plano de acordo com as suas vontades e necessidades.

Para evitar problemas é essencial que antes de contratar, o consumidor verifique as possibilidades para assinar um plano com a certeza de que fez a escolha certa. Existem algumas dúvidas frequentes que, quando esclarecidas, podem ajudar esse processo:

  1. O primeiro passo é sempre verificar se existem reclamações contra a empresa no cadastro de reclamações do Procon. A partir deste ponto já fica possível imaginar se a empresa é séria ou não.
  2. Existem três tipos de contrato de planos de saúde: individual, familiar e coletivo empresarial.
  3. Os prazos máximos de carência definidos por lei são: 24 horas para casos de urgência e emergência, 10 meses para parto e 6 meses para as demais situações. Já no caso de doenças e lesões preexistentes, o prazo é de 24 meses.
  4. Em relação aos tipos de planos, existem quatro: ambulatorial (cobertura de exames e números de consultas médicas ilimitados em consultório ou ambulatório), hospitalar sem obstetrícia, hospitalar com obstetrícia e odontológico.
  5. Por lei, uma empresa não pode cobrar taxa de adesão. Ela só pode cobrar o valor da mensalidade.
  6. É do direito da empresa pedir que o consumidor faça uma perícia médica. O custo dessa perícia é pago pela empresa que vende o plano.
  7. É também do direito da empresa suspender o atendimento quando o atraso for superior a 60 dias, consecutivos ou não.
  8. Todos os contratos a partir de janeiro de 1999 preveem a cobertura de próteses relacionadas a atos cirúrgicos, desde que não seja para fins estéticos.
  9. Normalmente o reajuste contratual ocorre anualmente, na data de aniversário do contrato.
  10. Para exercer a portabilidade de plano é necessário estar em dia com a mensalidade do plano, estar a pelo menos dois anos na operadora, solicitar a portabilidade no período entre o mês de aniversário do contrato e os três meses seguintes e cumprir todos os requisitos de compatibilidade.
  11. Os empregados demitidos poderão permanecer no plano de saúde por um período equivalente a um terço do tempo em que foram beneficiados dentro da empresa, respeitando o limite mínimo de seis meses e máximo de dois anos.
  12. É proibido por lei que a seguradora dificulte a aquisição de um plano por parte de pessoas com deficiência ou idosas.

 

As dicas acimas foram elucidadas pelo Procon. Use essas dicas como auxílio no processo de escolha do plano de saúde adequado para as suas necessidades. Esteja sempre ciente de seus direitos e deveres para poder usufruir da forma mais benéfica possível um plano de saúde.

Deixe uma resposta

Solicite sua cotação

Rio de Janeiro: 2242-1000 | Niterói: 2613-2777 | Campo Grande: 3394-0006 | Duque de Caxias: 3848-3030