unnamed (1)

7 Dicas para escolher um plano de saúde empresarial

Prezar pela saúde do seu colaborador vai muito além de fornecer um benefício ou luxo, é na verdade um cuidado a longo prazo com o seu funcionário e com sua empresa. Além de valorizar sua marca perante a futuros candidatos e parceiros, você garante que sua equipe tenha o máximo de suporte possível para cuidar de sua saúde e bem-estar, podendo fornecer a eles maior qualidade de vida e como consequência, mais produtividade e motivação na empresa.

Por isso, na hora de escolher um plano de saúde empresarial para seus colaboradores, é o momento de equilibrar as necessidades de cada um e seu orçamento em prol de fazer uma contratação mais assertiva. Quer saber como? Vamos lá!

Quais são as necessidades dos funcionários?

O primeiro passo para contratar o plano de saúde empresarial ideal para seus colaboradores é entender qual a necessidade deles. Isso é importante para que o plano de saúde seja um motivador para os funcionários e não se somente um benefício dispensável que poucas pessoas usam.

Para entender seus funcionários, é indicado fazer uma pesquisa interna que colete informações sobre os hábitos e prioridades de cada um.

Algumas perguntas que você pode fazer para seus funcionários são:

  • Idade
  • Estado civil
  • Tem filhos?
  • Pretende ter filhos?
  • Possui alguma doença crônica? – Como diabetes e hipertensão

É importante que, para não causar constrangimento à ninguém, o questionário seja feito somente para o uso da empresa, de forma online e anônima, através do Google Forms, por exemplo, que é gratuito, ou através de uma equipe de RH especializada.

Assim você consegue traçar um perfil médio dos seus colaboradores sem expor ninguém. A partir disso é possível informar à operadora sobre as necessidades de cada um.

Se, por exemplo, sua empresa possui muitos funcionários casados e que pretendem ter filhos, um plano com cobertura obstétrica pode ser o mais adequado.

Tipos de cobertura dos planos empresariais

Depois de identificar o perfil dos seus funcionários, chegou a hora de escolher o tipo de cobertura do plano contratado. Confira as opções disponíveis atualmente pelas operadoras:

  • Ambulatorial: Inclui somente procedimentos mais simples, que não necessitam de internação, como por exemplo: consultas, exames, cirurgias de baixa complexidade e atendimento de urgência e emergência.
  • Hospitalar: Inclui procedimentos hospitalares, incluindo cirurgias complexas, situações de urgência e emergência além de todos os custos de uma internação, independentemente do período.
  • Ambulatorial + Hospitalar: Inclui procedimentos simples e de internação;
  • Cobertura Completa: Inclui a assistência ambulatorial, o atendimento hospitalar e procedimentos obstétricos.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre qual é o plano mais adequado para todos, vale a pena explicar esses tipos de cobertura e pedir a opinião da equipe, visando identificar o que seus colaboradores esperam e o que você pode prover.

Qual é a cobertura geográfica do plano de saúde?

Se a sua empresa possui funcionários em diversas cidades, estados ou até mesmo países, esse fator também deve ser levado em consideração na hora de escolher um plano.

Assim, você pode comparar as operadoras de saúde de acordo com a localização de toda a equipe.

Por exemplo, se a sua empresa possui equipes trabalhando somente nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, sai mais barato procurar planos com cobertura somente nessas regiões do que contratar um plano de cobertura nacional.

Importante: Na hora de conferir a cobertura geográfica, aproveite para conhecer mais sobre as redes referenciadas e verifique a qualidade dos estabelecimentos que irão atender os funcionários, pois de nada adianta fornecer um benefício de má qualidade que só irá gerar reclamações.

Os funcionários precisam de funcionalidades extras?

Outro fator é que, se na sua equipe a maioria dos funcionários viaja pelo Brasil a trabalho, além de contratar um plano de cobertura nacional, vale a pena pagar a mais por recursos extras, como um Seguro Viagem, que algumas operadoras oferecem.

Outro serviço extra é o reembolso de taxas médico-hospitalares, em que seu colaborador tem a liberdade de consultar em clínicas e hospitais fora da rede credenciada pela operadora e depois, receber um reembolso de todas as taxas. Em alguns planos Premium, o reembolso é oferecido até mesmo em viagens internacionais, mesmo que as despesas sejam em outra moeda.

Assim, você garante que seus colaboradores terão a devida atenção e cuidado independentemente de onde estiverem.

Os funcionários precisam de um plano odontológico?

Na hora de coletar a opinião dos seus colaboradores, não se esqueça de perguntar se eles gostariam de participar de um plano odontológico, que geralmente custa um valor bem pequeno a mais e fornece a cobertura de diversos procedimentos como consultas, exames, emergências e até cirurgias complexas.

Confira a taxa e sinistralidade dos planos de saúde

Depois de identificar qual é a modalidade de plano de saúde mais adequada para seus colaboradores, confira a taxa de sinistralidade da operadora que deseja contratar. Essa taxa diz respeito a um valor cobrado a partir do nível de periculosidade das funções do trabalhador.

Ou seja, quanto mais perigoso é o trabalho ou atividade exercida pelos seus funcionários, maior é a taxa de sinistralidade, pois os planos de saúde entendem que há mais chances daquele funcionário utilizar os serviços médicos com mais frequência ou em casos emergenciais. Por isso, tenha em mente o nível de periculosidade de cada funcionário na empresa e planeje seu orçamento.

Confira a reputação das operadoras de planos de saúde empresariais

Se você já tem em mente algumas operadoras que deseja contratar e está em dúvida sobre qual escolher, analise a reputação de mercado dessas empresas. Uma forma de checar esses dados é analisando o ranking de insatisfação da ANS, que faz uma pesquisa mensal sobre os tipos de reclamações que cada operadora recebe e uma lista das operadoras com mais reclamações por beneficiário.

Por fim, é sempre válido lembrar que ter um plano empresarial para seus funcionários vai muito além de fornecer um benefício. Você verá os números de absenteísmo caindo, a produtividade de todos aumentando e ainda receberá descontos fiscais.

Não se esqueça de consultar as condições de carência do plano contratado e informar aos funcionários sobre elas para evitar constrangimentos ou mal entendidos.

Essas dicas te ajudaram a escolher o melhor plano de saúde empresarial? Se ainda tiver alguma dúvida, deixe seu comentário!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Deixe uma resposta

catorze − 14 =

Solicite sua cotação

Rio de Janeiro: 2242-1000 | Niterói: 2613-2777 | Campo Grande: 3394-0006 | Duque de Caxias: 3848-3030