cac-benh-phoi-man-tinh-ton-rat-nhieu-chi-phi-dieu-tri

Cartão de desconto e cartão de saúde pré-pago: Descubra a diferença entre esses serviços e se vale a pena!

Com tantas entrelinhas e burocracia na hora de contratar um plano de saúde, é comum ficarmos um pouco perdidos sobre nossos direitos e deveres como consumidores e pacientes.

Um exemplo disso é que, recentemente, muitas empresas passaram a oferecer cartões de desconto e cartões pré-pagos na área da saúde, o que acaba confundindo algumas pessoas.

Se você está em busca de um plano de saúde e ouviu falar sobre o cartão de desconto e o cartão pré-pago, mas não sabe bem qual é a diferença e a utilidade de cada um deles, hoje iremos te ajudar.

Continue lendo e tire suas dúvidas!

O que é o cartão de desconto?

O cartão de desconto é um serviço em que o cliente paga um valor para a empresa e recebe um cartão de identificação para que possa pagar alguns procedimentos médicos com desconto.

Funciona assim:

  1. Você paga uma taxa mensal ou anual – pode ser chamada também de taxa de adesão;
  2. A empresa te entrega um cartão de identificação;
  3. Ao realizar procedimentos médicos como consultas e exames, você apresenta o cartão;
  4. Se o estabelecimento fornecedor do serviço médico for parceiro do cartão de desconto, você receberá algum benefício no pagamento;
  5. Geralmente, a empresa fornece alguma porcentagem máxima de desconto;
  6. A forma de pagamento é sem restrições e pode ser negociada direto com o estabelecimento – crédito, débito, dinheiro, etc.

A maior vantagem desses cartões é que eles são extremamente úteis para quem precisa fazer consultas e exames ou outros procedimentos médicos simples com muita frequência e quer reduzir os gastos.

Por isso, se você possui alguma doença genética que requer tratamento constante, o cartão de desconto é um excelente método para economizar.

Porém, o ponto negativo é você deve estar sempre com o cartão em mãos para garantir o direito ao benefício, o que pode ser um pouco limitante em casos de urgência e emergência.

O que é o cartão de saúde pré-pago?

Assim como o cartão de desconto, os cartões pré-pagos custam um valor de adesão, mas a principal diferença entre eles é que o pré-pago deve ser recarregado para que possa ser utilizado.

Esse cartão funciona de maneira semelhante a um celular pré-pago, em que é necessário inserir créditos para ter acesso aos benefícios.

Funciona assim:

  1. O cliente paga uma taxa pequena pelo cartão pré-pago – anual, semestral, mensal, etc;
  2. Você receberá um cartão de identificação;
  3. Recarregue com algum valor livre ou pré-definido (varia de acordo com a empresa em que você comprou o cartão);
  4. Sempre que quiser usar algum procedimento médico, utilize os créditos depositados no cartão pré-pago;
  5. A empresa prestadora do serviço irá debitar o pagamento imediatamente e te fornecer um desconto – caso haja.

Geralmente, o cartão pré-pago tem uma taxa de manutenção mais barata que o cartão de desconto.

Porém, ele funciona apenas como um método de pagamento antecipado das consultas e procedimentos, não sendo indicado para quem busca descontos.

Além disso, o cartão pré-pago limita a forma de pagamento, não podendo ser por cheque, crédito, débito nem dinheiro.

O pagamento é feito unicamente pelo cartão pré-pago (que recebe as recargas através de depósitos).

Afinal, os cartões pré-pagos e de desconto são um plano de saúde?

Considerando a principal diferença entre os cartões de desconto e pré-pagos, vale lembrar que esses serviços não são um plano de saúde e não garantem acesso ilimitado aos procedimentos médicos.

Os cartões servem apenas como uma forma de conseguir descontos ou ter mais controle e transparência no pagamento dos seus gastos médicos.

Porém, se em algum momento, por exemplo, você precisar de um procedimento muito caro e não conseguir arcar com os custos, a empresa vendedora do cartão não terá nenhuma responsabilidade quanto à sua dívida.

Posso comprar um cartão pré-pago ou de desconto no meu plano de saúde?

Não, nenhuma operadora fornecedora de planos de saúde pode vender cartões pré-pagos ou de desconto. Elas também não podem se associar a vendedores desse tipo de cartão.

Se a sua operadora está oferecendo esse serviço, denuncie na ANS.

Quais serviços os cartões de desconto e pré-pago abrangem?

Ambos os cartões são indicados para procedimentos simples, em que os custos dos serviços médicos serão baixos.

Portanto, você pode usar seu cartão de saúde pré-pago ou de desconto com:

  • Exames de sangue;
  • Exames de imagem;
  • Consultas médicas.

Procedimentos médicos mais complexos e caros, como cirurgias, geralmente não aceitam pagamento com cartão de desconto ou cartão pré-pago. Por isso, nesses casos é melhor ter um plano de saúde como garantia.

Uma desvantagem desses cartões é que eles não fornecem descontos em caso de atendimento de pronto-socorro.

Afinal, vale a pena ter um cartão de saúde pré-pago ou de desconto?

O cartão de desconto e o cartão pré-pago são alternativas para famílias que não possuem condição financeira para arcar com os custos de um plano de saúde.

É fato que alguns planos de saúde possuem uma mensalidade alta incompatível com muitos brasileiros de baixa renda e em situação de vulnerabilidade.

Sem contar que os custos dos planos incluem reajustes anuais nos preços e outras taxas por serviços adicionais, dependendo da operadora contratada.

Porém, o cartão pré-pago e o cartão de desconto são serviços não regulamentados pela ANS.

Assim, eles são uma alternativa de baixo custo para quem deseja um atendimento mais rápido e com mais qualidade do que o oferecido pelo sistema único de saúde (SUS), sem ter que pagar caro todo mês por isso.

Porém, os cartões de desconto e pré-pago devem ser a última alternativa para o cliente, já que, por não serem regulamentados pela ANS, as empresas fornecedoras podem acabar abusando das cláusulas contratuais, aumentando taxas exageradamente, por exemplo.

Os cartões também são mais indicados para pessoas que não precisam de cuidados médicos com frequência, ou seja, não são ideais para idosos, crianças e gestantes.

Considerando isso, se você tem a opção de pagar um plano de saúde para sua família, mesmo que seja com abrangência ou cobertura menor, indicamos que pesquise por planos de saúde mais baratos que se encaixem no seu orçamento e opte por um.

Ao contrário dos cartões, os planos de saúde são regulamentados pela ANS e garantem mais segurança legalmente.

Como cancelar o cartão de saúde pré-pago ou de desconto?

Se você comprou um cartão de desconto ou pré-pago e se arrependeu, é possível cancelar o cartão diretamente com a empresa que você contratou o serviço.

Antes de tomar essa decisão, garanta que não há nenhum prazo de fidelidade previsto em contrato ou multas em caso de cancelamento.

Caso você ainda esteja dentro do prazo de fidelidade do cartão de desconto, saiba que a multa deve ser sempre proporcional ao tempo restante para o fim do seu contrato.

Além disso, você pode cancelar o cartão sem multa caso prove que está insatisfeito com a prestação do serviço devido à má qualidade.  isso é um direito do consumidor, mesmo quando a multa prevista em contrato.

Também é possível cancelar sem multa se a empresa também não estiver fornecendo o serviço exatamente como prometido.

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre o cartão de saúde pré-pago e o cartão de desconto? Então compartilhe esse artigo com alguém!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicite sua cotação

Encontre nossas unidades

Rio de Janeiro

Niterói

Campo Grande

Duque de Caxias

Madureira

São Paulo

Planos de saúde sulamerica, RJ sulamerica, Planos de saúde RJ, Amil, Assim Saude, Bradesco, Cemeru, Golden Cross, SulAmerica, Unimed, Planos de Saude, Planos Odontologicos, Tabela, Cotacao, planos de saude rj, plano de saude valores, plano de saude cotacao, planos de saude barato, plano de saude mei, plano de saude PJ, Valor Plano de Saude